6 dicas saudáveis para manter a qualidade de vida da idosa

Juliana Teixeira da Silva*

O prolongamento da vida é uma aspiração de qualquer sociedade. No entanto, esse processo só pode ser considerado como uma conquista real quando é agregada qualidade de vida nos anos adicionais de vida.

Atividade física, por exemplo, é benéfico em todas as idades. Para os idosos, caminhar os mantém ativos fisicamente. Isso é muito bom para o coração.

Caso o idoso tenha limitações para se movimentar, exercícios com um fisioterapeuta são de grande valia para manter o equilíbrio. Além disso, deve exercitar as articulações.

De um modo geral, o aumento da longevidade dos brasileiros deve ser acompanhada pela melhoria e manutenção da saúde e da qualidade de vida. O grande desafio é conseguir que os anos vividos a mais sejam cheios de significados e que os idosos levem uma vida respeitosa e digna.

Essa qualidade de vida tão almejada está relacionada com autoestima e bem-estar do indivíduo. Pequenas ações diárias para quem convive com um idoso são de grande importância, confira!

Dicas para quem convive com uma pessoa idosa

1. Jogar: Quebra-cabeças, lego, artesanato, jogos com cartas e/ou dominó mantém o cérebro ativo;

2. Tomar sol: O banho de sol, de forma moderada, no início da manhã ou no final da tarde usando protetor solar, além de ser um momento agradável, a Vitamina D – advinda do sol – ajuda a fixação do cálcio;

3. Cantar: O exercício de cantar tem dupla vantagem. Por um lado estimula a memória ao recuperar letras de músicas da mocidade. Por outro lado, cantar também é um bom exercício respiratório. Além disso, relaxa e alivia o stress;

4. Beber água: Os idosos, normalmente, não se lembram de tomar líquidos. Então, existe o risco de desidratação, principalmente no verão. Ofereça de 6 a 8 copos de líquido, preferencialmente água, diariamente;

5. Evitar acidentes: A residência de uma pessoa idosa tem que estar adaptada para evitar quedas, escorregões ou fraturas. Barras de apoio nos banheiros e corrimãos nos corredores. Eliminar tapetes, tapetinhos, mesinhas no caminho, tacos soltos, etc. É importante manter os idosos livre de riscos;

6. Visitas: Os idosos gostam de receber visitas. Faça isso com frequência;

O idoso deve ser envolvido no convívio social e acolhido em um ambiente estimulante. Envelhecer é inevitável, mas não tem que resultar em isolamento e solidão.

Casa de Repouso Viva Vem no Pacaembu: atividades diárias

Na Casa de Repouso Viva Bem, toda a equipe sabe da importância de atividades diárias e convívio social. A Terapia Ocupacional, a Musicoterapia e a Fisioterapia ajudam a adquirir hábitos saudáveis e manter autonomia física e psicológica.

Na nossa casa, temos um cronograma semanal para as senhorinhas residentes se sentirem felizes e em atividade.

A casa é o lar de cada uma. A Casa de Repouso Viva Bem é um residencial para idosas onde elas fazem novas amizades, interagem, recebem familiares e amigos. A convivência entre elas mais as atividades diárias tornam nosso ambiente muito alegre e agradável.

Nossa casa é ampla, clara e bem arejada. Área externa com muito verde. As senhoras residentes desfrutam do ar livre e estão seguras, confortáveis e saudáveis.

O compromisso com a transparência é total: visitas livres e câmeras online 24 horas acessíveis pelos familiares. Cada membro da família pode acompanhar em tempo real como a sua idosa está.

Venha nos conhecer, estamos no Pacaembu, em São Paulo.

Informações: (11) 3675-4946

Até breve!

*Juliana Teixeira da Silva é Diretora da Casa de Repouso Viva Bem

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp